1. Associação Comercial e Industrial de Mossoró

  2. Consulta
  3. 0
Consulta SCPC
SCPC
Home / Amor pelo Comércio / Mossoró Convention Bureau e Associação Comercial de Mossoró participam de campanha solidária

Representantes da ACIM e do MC&VB, estiveram na noite de ontem, 28, participando de coquetel de lançamento da campanha solidária “Todos Contra o Câncer” promovida pela Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) com a parceria da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Norte (ANOREG/RN) e o apoio da Câmara de Vereadores de Mossoró.

O evento foi bastante movimentado com a presença da Vice Prefeita de Mossoró, Nayara Gadelha e da presidente da Câmara de Vereadores, Izabel Montenegro, além de vereadores, representantes de entidades, empresários e voluntários da liga.

As doações podem ser realizadas através do Banco do Brasil – Ag. 4687-6, C/C 12345-5 ou pela Caixa Econômica Ag. 0560 Operação 013 C/C 9000-9.

O Mossoró Convention & Visitors Bureau (MC&VB) esteve representado pelo empresário Francisco Jales Jr e a

Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), pelo Consultor de Turismo, Oberi Penha.

Ótima iniciativa, certamente a campanha atingirá seu objetivo com a ajuda de todos.

EXPOFRUIT 2018 COM DATA E LOCAL DEFINIDO

Nos informa o empresário João Manoel, responsável pela empresa Promoexpo, que a edição de 2018 da Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada (EXPOFRUIT) está definida para o período de 21 a 23 de agosto do próximo ano. A grande feira de negócios que passou a ser bienal por forças das circunstâncias, está de volta, e com a impossibilidade de ocorrer no Expocenter, que não está mais disponível para eventos privados, será realizada na Estação das Artes, no Corredor Cultural de Mossoró. O evento reunirá expositores do setor da fruticultura local, constituído pelo setor produtivo de uma das principais atividades econômicas do RN e deve atrair empresários de todo o mundo, principalmente do Reino Unido, Ásia, Europa e Estados Unidos, principais consumidores.

CENTRO DE CONVENÇÕES PARA MOSSORÓ

Embora possuidora do maior calendário de eventos do NE, Mossoró ressente por não possuir um centro de convenções que possa atrair congressos, seminários, mostras, em suma eventos de grande porte em ambiente fechado, climatizado. Depois que o Expocenter passou a ser administrado pela UFERSA sendo usado apenas para eventos técnicos e científicos daquela universidade federal, a cidade perdeu ainda mais a capacidade de abrigar os evento sem área adequada, eventos como a FICRO, Expofruit e Feira do Livro, por exemplo tiveram que buscar outros lugares para serem realizados. A Feira do Livro foi realizada no Partage Shopping, a Feira Industrial e Comercial da Região Oeste, a maior feira de Negócios do RN, voltou, 11 anos após sua saída, a ser realizada na Estação das Artes, no Corredor Cultural de Mossoró, assim como será com a Expofruit (vide matéria nesta coluna) também. Ocorre que embora bem localizada, com ampla aérea para estacionamento, a Estação das Artes sofre sem investimentos públicos há quase uma década, não possuindo estrutura adequada para tais eventos, que mesmo assim serão lá realizados, pois não outra opção.

O presidente do Mossoró Convention, Rutilo Coelho, tenta retomar conversações com UFERSA para que o Expocenter volte a ser disponibilizado para eventos, espera uma audiência com o reitor para tratar do assunto. Em recente pronunciamento na tribuna popular da Câmara de Vereadores, informou ter havido uma reunião com o presidente da OAB, Canindé Maia com vistas a possibilidade de atrair um evento das Ordem dos Advogados para Mossoró, mas lamentou que a cidade não possua condições de receber 3, 4 mil pessoas em um ambiente qualificado. O Convention deve levantar a bandeira desta importante iniciativa.

PALESTRANTE DE RENOME NACIONAL ESTARÁ EM MOSSORÓ

Ricardo Ventura ministrará palestra “Gigante de Vendas – Comunicar, Vender e Negociar” no Hotel Vitória Palace, dia 07 de dezembro em almoço empresarial, direcionado a um seleto grupo de gestores mossoroense que almejam estar no ponto mais alto de suas profissões.

Ricardo Ventura é graduado em Administração de empresa, pós-graduado em Psicologia Junguiana, Master Practitioner, Coach Trainner em PNL, terapeuta holístico, escritor, colunista, diretor do Instituto Eu Posso! Desenvolvimento Humano.

Treinador e empresário no ramo varejista por mais de 20 anos, autor de livros, e consultor de grandes empresas como Bradesco, Rede Globo, SESI, CAIXA, Cacau Show, Nivea, Honda, Kibon e Avon, é considerado por outros estudiosos da PNL (Programação Neurolinguistica) e palestrantes, o melhor treinador de PNL, vendas e comunicação do Brasil. O homem tem currículo.

Ainda há vagas. Profissionais gestores e empreendedores devem procurar pela Consultora de negócios e organizadora de eventos Vanúbia Lima, pelo whatsApp (84) 99818.6444. Uma excelente oportunidade. Recomendo.

BARULHO INFERNAL

Assim qualificou o proprietário do Hotel Imperial, José Claudio Queiroz Pinto, no que se transformou o centro de Mossoró nos últimos anos. Localizado no epicentro do barulho que ele qualifica como absurdo e desproporcional, alega que a ação desenfreada e sem fiscalização dos veículos de carros de som que ultrapassam todos os limites do bom senso, com o alto volume, que torna impossível a comunicação por quem transitam pelo centro.

No caso do Imperial, o que vem ocorrendo é que os hospedes estão deixando o hotel no meio de sua estadia em razão de não suportar o nível de sonorização empregados pelos veículos, ocasionando prejuízos financeiros ao equipamento hoteleiro. Já o Administrador do Hotel, Armstrong Pinto, considera inaceitável pagar em dia seus impostos, gerar empregos e não ter por parte dos poderes públicos uma ação eficiente para coibir tamanho abuso.
O hotel solicitou ao Mossoró Convention, entidade á qual é filiado auxílio em interlocutar com os órgãos competentes, para coibir o excesso.

Realmente, sofremos todos com isso, está insuportável caminhar no centro de Mossoró. Impossível falar ao telefone por 2 minutos consecutivos, sem que tenhamos nossos tímpanos invadidos por uma avalanche de informações inaudíveis, sem efeito prático, mostrando o nível de nossos empresários, se é assim que tais podem ser chamados.
O pior é que isso ocorre em torno da Câmara de Vereadores e outras entidades de classes representativas do comercio local, sem que aja uma iniciativa por parte dessas. Não acredito que esse barulho infernal, como bem disse o amigo José Claudio, que há 30 anos mantém seu hotel localizado em uma das principais artérias da cidade, passe despercebido.

Acionado, o Convention Bureau, visando defender os legítimos interesses de seus associados, vai interagir com os órgãos competentes para tentar mudar isso e evitar que mais um hotel, que sofre com a baixa ocupação em razão da desmobilização do setor petrolífero, cerre as portas em Mossoró. É osso.

COMISSÃO LIDERADA PELO GOVERNADOR DO RN PROTOCOLA REQUERIMENTO JUNTO À ANAC PARA CERTIFICAÇÃO DO AEROPORTO DE MOSSORÓ

O Governado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), anunciou através de rede social Instagram, na manhã desta terça-feira, 28, que havia protocolado junto a Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC) com sede em Recife/PE, o pedido de certificação do Aeroporto Dix-Sept Rosado, de Mossoró.

O Governador Robinson foi recebido pelo diretor da ANAC, Hélio Paes de Barros, estando acompanhado dos Deputados Federais, Beto Rosado, Fabio Faria, do Diretor do DER-RN, General Fraxe, e do Secretário de Estado do Turismo, Ruy Pereira Gaspar. O requerimento foi protocolado e teve por parte da ANAC o compromisso de agilizar o processo que vai culminar com a vistoria do aeroporto mossoroense.

Desde que foi contratada de forma emergencialmente pelo Governo do Estado, há cerca de 70 dias, a empresa que está cuidando por tempo determinado de todo o processo que visa a atender as exigências da ANAC: equipamentos de raio x, pintura, segurança aeroportuária, estrutura para corpo de bombeiros, sinalização, ampliação da pista, rebaixamento dos tetos das casas construídas de forma irregular, entre outras ações, tem conseguido excelentes resultados.

Sem muito alarde, e sem determinação de datas para reabertura do aeroporto, o que vinha causando muitas frustrações em razão da expectativas que geravam tais anúncios, eis que “à boca miúda” as ações vem sendo executadas, sem o foco da imprensa e dos que faziam questão de pregar o pior para o aeroporto, as coisas avançaram.

Por todo este tempo, a Companhia Azul Linhas Aéreas reafirma seu interesse de, uma vez os voos comerciais sendo liberados, ela vai operar regularmente ligando Mossoró a Recife/PE, com aeronaves de até 70 lugares.

Há um questionamento sobre a rota escolhida e sua viabilidade econômica, alguns dizem não durar muito tempo, pois o ideal seria um voo partindo de Fortaleza/CE, fazendo escala em Mossoró/Natal/São Paulo, pois não há demanda de passageiros. Outros dizem que a proximidade de Mossoró com o aeroporto Dragão do Mar de

Aracati/CE, que está pronto há quase 6 anos, mas sem operar, pode inviabilizar um dos dois aeroportos.

O Governador Cearense, Camilo Santana, em declaração recente às redes sociais, demostrou interesse em criar uma conexão aérea, ligando Fortaleza, Aracati e Mossoró.

A verdade é que, qual seja a forma, o roteiro, o tipo de aeronave ou a quantidade de passageiros, o aeroporto de Mossoró tem que voltar a funcionar, e será a atividade do Turismo a principal beneficiada com isso.

Mossoró já faz parte de um roteiro turístico (Rota das Falésias) e mesmo que possa, inicialmente, como se propaga, ser Mossoró/Recife/mundo, temos que preparar nossa cidade para receber visitantes, porque, enquanto todo mundo questiona se temos freguês para encher uma aeronave partindo de Mossoró, garanto que ela será pequena, para caber tanta gente se soubermos vender Mossoró e região como um destino turístico, diante de todo o potencial aqui existente. Quer pagar pra ver?

 

Por: Oberi Penha – Consultor de Turismo, qualificado pela Organização Mundial do Turismo. Integra o Grupo Gestor do Turismo e exerce as funções de Secretário Executivo da Câmara Setorial do Turismo, do Conselho Municipal de Turismo de Mossoró e do Mossoró Convention & Visitors Bureau.